Secretários de Saúde pedem que o Brasil não descarte nenhuma vacina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

5 de dez. de 2020

Secretários de Saúde pedem que o Brasil não descarte nenhuma vacina

 Foto: PMT

O Conselho nacional de Secretários de Saúde (CONASS) emitiu nota pedindo que o Brasil não descarte nenhuma vacina produzida para imunização contra a covid-19. De acordo com os secretários, o cenário aponta que deverá haver insuficiência para vacinar toda a população em um período mais breve de tempo. 

O Ministério da Saúde divulgou que o cronograma de vacinação prevê o início das aplicações em março. Estão na fila  idosos com 75 anos ou mais, profissionais de saúde e indígenas. Eles terão prioridade. Segundo o governo federal, o Brasil tem o fornecimento garantido de 142,9 milhões de doses de vacina

Em pronunciamento recente, o governador Wellington Dias (PT) fala da importância de parte da população brasileira começar a ser vacina ainda em janeiro de 2021. Porém, o Governo Federal afirma que a meta mais otimista é que o processo de imunização comece apenas no final de março do próximo ano. 

O secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, também faz parte do CONASS e assinou a nota. 

Veja nota: 

Testagem

Segundo dados da Pnad Covid-19, divulgados pelo IBGE, o Piauí é o segundo estado a mais realizar  testagem da população para identificar casos de covid-19. Os dados revelam que 19,4% dos piauienses realizaram algum teste de diagnóstico da doença. 

Somente o Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen) já contabilizou 103.918 exames RT-PCR. Também já foram feitos 312.103 mil testes rápidos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a realização de testes é uma das estratégias mais eficientes para se combater o contágio do novo coronavírus.  

 

Lídia Brito
Com informações de Folha Press e Ccom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI