Brilho de trio contra o River confirma método na formação do Palmeiras - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

7 de jan. de 2021

Brilho de trio contra o River confirma método na formação do Palmeiras

 Foto: Gabriel Menino, jovem promessa do Palmeiras (César Greco / SE Palmeiras)

A desenvoltura dos três garotos titulares do Palmeiras contra o River Plate (ARG) na última terça-feira (5) confirmou o método do clube na formação de atletas.

Patrick de Paula, por exemplo, fez apenas sua segunda partida internacional como profissional e não sentiu o duelo da semifinal da Copa Libertadores, contra aquela que é considerada a melhor equipe do continente.

Danilo e Gabriel Menino têm mais rodagem que o camisa 5 na competição, mas também são novatos: fizeram apenas seis e cinco partidas como visitantes na competição sul-americana, respectivamente.

No caso de Menino, ele não apenas jogou bem, como irritou os argentinos e ocasionou a expulsão de Carrascal.

O Palmeiras, que investiu R$ 90 milhões no departamento de base nos últimos três anos, tem uma ideia de que os garotos que forem promovidos precisam ter personalidade para assumir o protagonismo.

No sub-17 e sub-20, as excursões para torneios fora do Brasil são incentivadas para dar rodagem aos meninos.

"Nos últimos anos, a gente fez [jogadores] e aproveitou pouco. O caminho que está sendo feito é ter gerações talentosas. É ruim quando você tem só um bom sub-20. Aqui é o contrário. Nos últimos três anos, o Palmeiras tem resultados do sub-11 ao sub-20. Como a gente brinca, entrou na linha de montagem", explicou João Paulo Sampaio à reportagem, ainda em setembro do ano passado.

"Uns vão se sair melhor que outros, mas todos sabem a característica de jogo do clube, a personalidade que precisam ter. Eles aprendem isso com os processos, as viagens internacionais e até jogos com torcida [na base]", disse.

O Palmeiras estreou 11 garotos na temporada -Patrick de Paula, Gabriel Menino, Wesley, Alan, Angulo, Gabriel Silva, Danilo, Renan, Aníbal, Marcelinho e Fabrício-, um recorde no século e ainda tem Gabriel Veron como peça importante.

Menino está entre os que mais jogaram na temporada, com 48 partidas. Patrick de Paula, com 40, é o próximo no ranking.

Um dos motivos citados para a rápida adaptação dos garotos é a integração entre a Academia de Futebol e o CT de Guarulhos (SP), inclusive na metodologia na parte física e fisiológica.

O trabalho, iniciado desde 2015, vive seu momento mais bem-sucedido, agora com os garotos não obtendo apenas resultados em competições amadoras.
A resposta que os garotos têm dado agradou tanto, que os torcedores já lamentam o desfalque de Patrick de Paula na volta contra o River Plate. O camisa 5 terá de cumprir suspensão automática após estourar o limite de cartões amarelos na vitória por 3 a 0 no jogo de ida.

Com o resultado, o Palmeiras poderá até perder por dois gols de diferença na terça que vem (12), que, mesmo assim, avançará à decisão da Copa Libertadores. Já campeão em 1999, o time tenta o bicampeonato - final está marcada para o dia 30 de janeiro, no Maracanã.

Fonte: Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI