Cantor que acusa integrante do Molejo de estupro mostra cueca suja - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

5 de fev. de 2021

Cantor que acusa integrante do Molejo de estupro mostra cueca suja



O cantor e dançarino Maycon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos -- que denunciou nesta quarta-feira (3) à polícia ter sido estuprado pelo vocalista do grupo de pagode Molejo, Anderson Leonardo, de 48, que em nota divulgada à imprensa negou o crime -- conversou com a imprensa nesta quinta-feira (4), antes de ir novamente à 33ª Delegacia de Polícia (Realengo) para levar as provas que diz ter do abuso. "Vou levar o sabonete do hotel e a cueca suja com sangue e esperma dele. Também vou fazer exame de corpo de delito hoje", conta. A Polícia Civil do Rio deverá apreender a peça íntima. 

Maylon e a mãe, Jupira, foram ouvidos pela polícia por cerca de 4 horas. Em seguida, ele realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML), no Centro do Rio, que se encerrou por volta de 18h. 

“Estou passando por tratamento psicológico, minha família é a base de tudo. Eu não esperaria isso de um cara que eu chamava de pai, eu tatuei ele no meu braço, e ele ter feito isso comigo” , contou Maylon. 

Os investigadores vão analisar o boletim de atendimento médico no Hospital Pedro II e buscam câmeras de segurança do local onde supostamente ocorreu a violência. Na sexta-feira (5), um funcionário e o gerente do hotel também devem ser ouvidos pela polícia. 

MC Maylon, que tem uma tatuagem no antebraço com o rosto de Anderson, contou que foi levado pelo vocalista do Molejo a um hotel no dia 10 de dezembro do ano passado contra a sua vontade. Ele teria sido atraído ao local para uma reunião, uma vez que o vocalista do Molejo era seu empresário. "Está muito doloroso mesmo, não esperava ele ter feito isso, era um homem que eu chamava de pai, tatuei o rosto dele no meu braço. E ele fez esse ato de vandalismo", lamenta o rapaz.

MC Maylon afirma que era virgem e teve as roupas arrancadas por Anderson mesmo quando tentou se defender. "Fiquei muito surpreso porque quando chegou no hotel, ele desligou meu telefone. E me enganou. Eu tinha o sonho de estourar. Sou cantor e dançarino. Ele me jogou na cama, tirou minha roupa, me chamou de viado (sic). Poderia ter agredido ele, mas como fazer isso com um cara que eu amava e considerava meu pai? Me travei na hora e tomei um choque. Ele me bateu muito, deu tapas na cara, empurrões. Foram trinta minutos tentando me penetrar e começou a sair sangue. Ele falava: 'pode gritar'", recorda ele, acrescentando que teve um sangramento depois do ato ser consumado e chegou a desmaiar.

MC Maylon diz que fo estuprado por vocalista do Molejo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI