PI-392: enxurrada destrói rodovia de escoamento de soja no Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

10 de fev. de 2021

PI-392: enxurrada destrói rodovia de escoamento de soja no Piauí



Chuvas intensas destruíram na terça-feira (9) mais uma vez um trecho de uma importante rota de escoamento de grãos no Sul do Piauí, a PI-392, próximo a cidade de Currais, na região da Serras das Laranjeiras. As informações são do Portal Ponto X.


O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus, do Gurgueis, Moyses Barjud, disse que não se sabe quantos milímetros de chuva caíram na região, mas nesta terça-feira (9) o trecho se rompeu novamente, um problema que já existe há mais de 20 anos. 

PI-392: Enxurrada destrói rodovia de escoamento de soja no Piauí- Foto: Reprodução

A enxurrada levou tudo que encontrou pela frente. Uma caminhoneta ficou presa em um barranco e por pouco não foi engolida pelas águas. Em março de 2020, o mesmo local foi destruído por uma forte chuva.

PI-232, em Currais destruída pelas chuvas

"Na verdade é um acumulado de água que se forma na Transcerrado. Esse acumulado vem correndo pela Transcerrado e desce pela estrada que dá acesso à Serra da Laranjeira. Então, acumula tudo quanto é chuva, dez quilômetros pro lado da Transcerrado, dez quilômetros pro outro, afunila de uma vez, porque esse trecho da estrada da Serra das Laranjeiras não é asfaltado, que é justamente a PI - 392. É onde tem a sobreposição da PI 392 com a BR 330. Então, continua sendo o mesmo problema de sempre, falta de asfalto na PI-397 que é a Transcerrado e na PI-392", explica, Barjud.

O trecho da PI-392 atende, basicamente, a Serra do Pirajá e das Laranjeiras. Aproximadamente uns 100 mil hectares e umas 400 mil toneladas de grãos (soja e milho).

Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagens do Piauí (DER-PI) informou que o trecho da PI 392, na Serra das Laranjeiras, está interditado devido aos impactos das fortes chuvas que castigam a região nos últimos dias.

O órgão explica que as causas para o rompimento da pista estão diretamente relacionadas ao avanço do desmatamento e às alterações topográficas para receber plantio de grãos naquela região, ocasionando o desvio das águas pluviais em grande intensidade para o leito estradal.

“Técnicos do DER-PI estão em deslocamento para o local para avaliar a situação e iniciar reparos emergenciais no trecho. Vale ressaltar que já existe convênio firmado entre o Governo do Piauí e o Ministério do Desenvolvimento para a pavimentação asfáltica do trecho. O projeto aguarda aprovação da área de engenharia da Caixa Econômica Federal para proceder a licitação e dar início às obras”, diz o DER-PI. O Departamento orienta que os veículos podem buscar rotas alternativas, como Serra do Quilombo, pela BR 135, ou pelo município de Palmeira do Piauí.

Tópicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI