Sindicato apura denúncias sobre condições de trabalho no hospital de Bom Jesus - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

9 de mar. de 2021

Sindicato apura denúncias sobre condições de trabalho no hospital de Bom Jesus

 Foto: Ascom Sindespi

Após diversas denúncias de servidores sobre condições de trabalho no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, no município de Bom Jesus, a diretora da Regional do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde Pública do Piauí (Sindespi), visitou o hospital para apurar as denúncias. Paula Mércia se reuniu com servidores ouvindo as reclamações e vistoriando as condições de trabalho inadequadas em alguns setores.

“Recebemos denúncias em relação a vários setores do hospital e marcamos reunião com a direção do hospital. Os servidores que atuam na recepção reclamam da qualidade dos EPIs e do local que é muito quente, comprometendo o próprio rendimento no trabalho. O pessoal da copa também reclama das condições físicas da área que é muito quente, e alguns servidores já chegaram a passar mal de tanto calor. Já os técnicos também reclamam da situação da área de repouso que está precária, uma situação triste”, afirmou a diretora do Sindespi, Paula Mércia.

Outra reclamação dos servidores é sobre carga horária e insalubridade. “Todos os servidores reclamam do valor pago pela produção, que é muito pouco em relação à quantidade de trabalho, que aumentou. Os técnicos também estão reclamando da diferença de carga horária entre técnicos e enfermeiros. Foi marcada uma reunião desses profissionais com a direção do hospital, para discutir carga horária e insalubridade. Mas a data da reunião ainda foi marcada”.

A diretora Paula Mércia explica que a atual diretora do hospital, a senhora Maria da Guia da Silva Pereira, argumentou que é nova à frente da gestão do hospital, reconheceu as falhas, e se comprometeu a tomar as providências cabíveis, e que se reunirá com os servidores para tratar das reivindicações.

Em relação à copa, a direção informou será ajeitada, mas que no momento a prioridade é o setor Covid. Disse que irá resolver a solicitação do pessoal da cozinha, mas não definiu uma data. Em relação ao setor de repouso, reconheceu que não está adequado e irá providenciar melhoras, como a troca dos colchões. Argumentou que está tentando arrumar a casa e pediu um tempo para poder organizar tudo, e assim que o fizer, avisará ao sindicato. 

A direção do Sindespi informa que continuará acompanhando a situação e cobrando a resolução dos problemas apontados. E que aguarda a confirmação de data para nova reunião com a Direção do Hospital Regional de Bom Jesus em busca de respostas concretas para as questões apontadas.

 

redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI