Ciro Nogueira será titular da CPI da Covid no Senado - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

13 de abr. de 2021

Ciro Nogueira será titular da CPI da Covid no Senado

 O senador Ciro Nogueira (PP-PI) confirmou ao blog a vaga de titular na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. A indicação será feita pela líder do PP no Senado, Mailza Gomes (PP-AC). Ciro, que era contra à CPI, assinou o segundo pedido de investigação, o que inclui estados e municípios. Hoje a tarde, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) deverá ler o requerimento de instalação da CPI e logo em seguida dará um prazo de 10 dias para os líderes dos partidos indicarem os 11 titulares e 7 suplentes. 

São dois pedidos de instalação da CPI, ambas com mais assinaturas que o mínimo necessário (um terço dos senadores). A expectativa é que um pedido seja apensado ao outro. O inicial, de autoria de Randolfe Rodrigues, tinha como fato determinado a omissão do governo federal e o agravamento da crise no Amazonas. O segundo, de iniciativa de Eduardo Girão (Podemos-CE), inclui estados e municípios. Mas Pacheco fez uma consulta à Secretaria Geral da Mesa que respondeu ser contra o regimento interno investigar atos de prefeitos e  governadores, mas seria possível investigar o caminho dos recursos federais destinados para o combate à pandemia.

A articulação política do governo, neste momento, é para minimizar os danos da CPI. Por isso há um trabalho para que o presidente o senador sejam pró-governo ou ao menos na linha independente.

NOVO TRECHO DE CONVERSA ENTRE KAJURU E BOLSONARO VAZA E PRESIDENTE DIZ QUE VAI TER QUE SAIR NA PORRADA COM OUTRO SENADOR 

O senador Kajuru (Cidadania-GO) divulgou mais um trecho da conversa com Bolsonaro nesta segunda-feira (13). Dessa vez, Bolsonaro, preocupado com os integrantes da CPI, deixa subentendido que senadores aliados do governo têm que participar da CPI, senão ele iria ter "sair na porrada" com Randolfe Rodrigues. Kajuru havia tido que se fosse uma CPI revanchista não iria integrar a comissão.

"Se você não participar, daí a canalhada do Randolfe Rodrigues vai participar . E vai começar a encher o saco. Daí vou ter que sair na porrada com um bosta desses" , diz Bolsonaro.

Kajuru disse que rompeu com Bolsonaro e não falará mais com o presidente. O senador afirmou que 20 minutos antes ligou para o presidente e avisou que iria publicar a conversa, o que teria sido autorizado, segundo Kajuru. O Cidadania pediu que o senador saia do partido, caso se recuse um processo de expulsão será iniciado. 

Na conversa, Bolsonaro induz que governadores e prefeitos sejam investigados também na CPI que será instalada para investigar omissões em relação à pandemia. Bolsonaro também articula com Kajuru o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Alguns juristas e parlamentares afirmam crime de responsabilidade nas falas.

RANDOLFE RODRIGUES RESPONDE BOLSONARO

O senador autor do primeiro pedido de CPI da Covid e citado por Bolsonaro disse que o foco da briga será vacina no braço e comida na mesa dos brasileiros.

Randolfe afirma que tem algo muito errado na condução na pandemia no país.  E elenca uma série de fato que devem ser investigados na Comissão. "Não temos vacina desde dezembro, a Pfizer ofereceu 70 milhões de doses em agosto. Por que teve campanha contra a Coronavac, que imuniza 8 de 10 brasileiros no momento? Por que o Brasil não aderiu ao Covax, liderado pela OMS, que possibilitaria mais que 1, 2 milhões de doses? Por que o governo federal gastou tanto direito a medicamento que não tinha eficácia comprovada?".



FLÁVIO BOLSONARO VAI AO CONSELHO DE ÉTICA CONTRA KAJURU POR VAZAR CONVERSA COM PRESIDENTE

Após vazar áudio de conversas de Bolsonaro sobre a CPI da Covid, o senador Flávio Bolsonaro protocolou no Conselho de Ética do Senado na noite desta segunda-feira (12) uma representação contra o senador Kajuru (Cidadania-GO) por quebra de decoro parlamentar, o que pode levar na maior penalidade à cassação do mandato. Flávio acusa Kajuru de golpe baixo por ter gravado e dado publicidade a uma conversa com o presidente.

"Representei no Conselho de Ética do Senado contra o senador por sua postura imoral, não só de gravar uma conversa particular com o Presidente da República, bem como de dar publicidade a isso, tudo sem o consentimento ou a autorização de Bolsonaro", declara Flávio Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI