Ministério da Saúde diz que 20 mil piauienses aptos ainda não tomaram 2ª dose - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

14 de abr. de 2021

Ministério da Saúde diz que 20 mil piauienses aptos ainda não tomaram 2ª dose



Roberta Aline/Cidadeverde.com


O Ministério da Saúde divulgou que 1,5 milhão de brasileiros, aptos a receber a segunda dose das vacinas contra a Covid-19, ainda não teriam tomado. No Piauí, o ministério contabilizou 20.158 piauienses, sendo 20.157 aptos a tomar a Coronavac/Butantan e uma pessoa a Astrazeneca/Fiocruz.

A Secretaria Estadual da Saúde no Piauí (Sesapi) informou que o número não corresponde à realidade porque os municípios têm uma semana para atualizar o cadastro junto ao Ministério da Saúde sobre as doses aplicadas.

Já a vice-presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Nordeste (Conasems), Leopoldina Cipriano, o que acontece é que as primeiras doses enviadas pelo Ministério da Saúde foram muito fracionadas e os municípios estão seguindo o mesmo cronograma.

“Eu conversei hoje com as equipes e elas estão voltando para fazer as segundas doses de idosos vacinados a partir do dia 15 de março, que é a fase dos 70 até 80 e poucos. Estamos dentro do prazo, o que acontece é que está sendo lento assim como foi a primeira dose. Como foi muito fracionado, está sendo igual. Teve semana que recebemos 20 doses, o que era muito simbólico. Está dentro do prazo”, explicou Cipriano.

Ela disse que já informou ao Ministério da Saúde e ressaltou as dificuldades que as equipes enfrentam no interior e na zona rural dos municípios piauienses para vacinar os públicos alvos.


No Brasil

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga e a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fantinato, conversaram com jornalistas na sede do ministério nesta terça-feira(13) sobre o assunto. Eles destacam que as vacinas precisam da dose de reforço para garantir a eficácia dos imunizantes.

A coordenadora destaca que mesmo aquelas pessoas que perderam o prazo estabelecido no cartão de vacinação, para o reforço da vacina covid-19, devem procurar uma unidade de saúde para a segunda dose.

"Destaco aqui que, mesmo que vença o prazo, a recomendação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) é que elas completem o esquema. Então, quem atrasou e não conseguiu ir com 28 dias de intervalo da Coronavac, ou aquelas que não conseguiram ir com 84 dias da vacina AstraZeneca, devem comparecer para completar o esquema", enfatizou a coordenadora.

Para garantir que esses mais de 1,5 milhão de pessoas estejam completamente imunizadas, o Ministério da Saúde, em parceria com Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), irá orientar a estratégia de busca ativa por essas pessoas, a fim de que elas completem o esquema vacinal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI