15 de junho dia de combate a violência contra a Pessoas Idosas , entrevista na Ativa FM - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de jun. de 2021

15 de junho dia de combate a violência contra a Pessoas Idosas , entrevista na Ativa FM

 

Recebemos na Ativa FM de Barra d Alcântara nesse dia 15 06 2021 as 10 horas da manha
o Psicologo Mailson Rodrigues
Assistente Social Rosa Neide Lopes
Vitoria Rufino.
todos do Cras de Barra d Alcântara
 

O Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a

Pessoa Idosa foi oficialmente reconhecida pela Assembleia

Geral das Nações Unidas em 2011, após solicitação da Rede

Internacional de Prevenção ao Abuso de Idosos (INPEA). O

principal objetivo do dia é criar uma consciência mundial,

social e política, da existência da violência contra a pessoa

idosa.

Hoje, o Brasil tem mais 30 milhões de idosos. Mas um

Levantamentos realizados pelo Instituto Brasileiro de

Geografia e Estatística (IBGE), apontam que os idosos devem

representar 25,5% da população brasileira até 2060. Hoje, o

Brasil tem mais 30 milhões de idosos.

Dados do Disque 100 revelam que, só no primeiro semestre

deste ano, mais de 33,6 mil casos de violações de direitos

humanos foram registrados contra o idoso no país.

Com o advento da pandemia do COVID-19, esse número vem

aumentando, e o principal motivo é justamente o isolamento

social, onde o agressor, na maioria das vezes, é morador da

mesma residência que a pessoa idosa.




No Brasil, o Estatuto do Idoso (Lei 10.741, de 2003) considera

violência contra o idoso qualquer ação ou omissão que lhe

cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico.




Tipos de violência contra as pessoas idosas:




A mais comum é a negligência, quando os responsáveis pelo

idoso deixam de oferecer cuidados básicos, como higiene,

saúde, medicamentos...

O abandono vem em seguida e é considerado uma forma

extrema de negligência. Acontece quando há ausência ou

omissão dos familiares.

A violência física, quando é usada a força para obrigar os

idosos a fazerem o que não desejam, ferindo, provocando dor,

incapacidade ou até a morte.

E a sexual, quando o objetivo de obter excitação, relação sexual

ou práticas eróticas por meio de aliciamento, violência física

ou ameaças.

A psicológica ou emocional é a mais sutil das violências. Inclui

comportamentos que prejudicam a autoestima ou o bem-estar,

entre eles, xingamentos, sustos, constrangimento, destruição

de propriedade ou impedimento de que vejam amigos e

familiares.

Por último, há a violência financeira ou material, que é a

exploração imprópria ou ilegal dos idosos ou o uso não

consentido de seus recursos financeiros e patrimoniais.




Idosos com aspecto descuidado, que apresentem marcas no

corpo mal explicadas ou sinais de quedas frequentes e que

tenham familiares ou cuidadores indiferentes a eles, podem

estar sendo vítimas de violência.

Onde procurar orientação ou denunciar:




- unidades municipais de saúde;

- delegacias;

- disque 100 (Direitos Humanos);

- 190: Policia Militar (para situações de risco eminente)

Devemos cuidar dos idosos, tratá-los bens, com respeito e

cuidado, lhes oferecendo o máximo de qualidade de vida. No

passado os idosos, também foram crianças, adolescente, jovem

adultos, que tinha seus sonhos, metas, objetivos. Lembrem-se,

hoje somos jovens, amanhã, só o futuro nos dirá.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI