Carro incendiado em Goiás pode ter sido usado por serial killer - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

22 de jun. de 2021

Carro incendiado em Goiás pode ter sido usado por serial killer



Um carro incendiado encontrado por policiais, na manhã desta terça-feira (22), pode ter sido usado pelo serial killer Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, foragido há duas semanas e alvo de uma megaoperação que conta com 270 policiais.

O veículo abandonado foi localizado na saída do distrito de Girassol, no sentido de Cocalzinho de Goiás. A caçada ao criminoso tem ainda o apoio de drones, câmeras de visão noturna e térmica e cães farejadores, além de uma equipe de cavalaria, helicópteros e drones.


Carro incendiado e encontrado por policiais pode ter sido usado por Lázaro Barbosa Foto: Divulgação


Equipes da força-tarefa montada para capturar o bandido fizeram incursões no local e investigam se existe algum vestígio de que o carro tenha sido usado por Lázaro, segundo o Correio Braziliense. As buscas pelo serial killer apontado como autor de uma chacina no Distrito Federal completam duas semanas hoje.

Durante a operação, os agentes já haviam se deparado com outros objetos atribuídos ao criminoso, entre eles uma carta e velas de sete dias. A carta, escrita com caneta vermelha em um papel A4, falava sobre morte com menções a falas de um personagem da trilogia "Senhor dos Anéis: "Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece (sic) viver".

Buscas por Lázaro

Nesta segunda-feira, surgiu a informação de que um homem parecido com Lázaro foi visto mancando. De acordo com o "G1", a denúncia foi feita por uma moradora de uma chácara no limite de Águas Bonitas, em Águas Lindas de Goiás, e Cocalzinho. Ela contou que a família foi acordada na madrugada por latidos de cachorros. Quando eles chegaram ao quintal, viram um homem com uma mochila nas costas, mancando.

Nesta segunda-feira, surgiu a informação de que um homem parecido com Lázaro foi visto mancando - Foto: Divulgação

Troca de tiros

Na última quinta-feira, houve uma nova troca de tiros envolvendo Lázaro e a polícia, e um novo cerco ao criminoso foi montado nesta sexta. O confronto foi o segundo envolvendo Lázaro num intervalo de dois dias. Havia suspeitas de que o serial killer tenha ficado ferido, já que um dos cães farejadores que participam da força-tarefa achou um pano com marcas de sangue. No mesmo dia, foi anunciado que 20 agentes da Força Nacional foram acionados para reforçar as buscas, mas eles não devem mais ir ao local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI