Wellington Dias autoriza retomada da pavimentação entre Pimenteiras a São Miguel do Tapuio - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de jun. de 2021

Wellington Dias autoriza retomada da pavimentação entre Pimenteiras a São Miguel do Tapuio



O governador Wellington Dias autorizou, nesta sexta-feira (6), a retomada das obras entre as rodovias PI-120 e PI 115, que liga a cidade de Pimenteiras a São Miguel do Tapuio. A obra que tem cerca de 78 quilômetros de extensão, já possui uma parte asfaltada e tem previsão para o início do próximo ano.

O Departamento de Estradas e Rodagens do Piauí (DER) é o órgão responsável pelas obras, que tem como investimento R$ 30.991.061,97. O diretor do DER, Castro Neto, ressaltou a importância dessa rodovia e a evolução da malha rodoviária do estado.

“A estrada já existia, mas sem o asfaltamento e ela liga dois centros muito importantes no nosso estado, sai cruzando toda essa área e tanto para quem produz como para quem mora facilita o transporte, facilita a emergência de saúde, melhorando a vida da população. Isso faz parte de um plano de ramificação de todo estado: há 20 anos atrás nós tínhamos em torno de 1.500 quilômetros, hoje nós temos mais de 6 mil. O Piauí, em 20 anos, quadruplicou a sua malha rodoviária, isso não é pouco é muita coisa feita”, disse o diretor.

O governador Wellington Dias destacou que esse trecho faz parte de uma rodovia que liga o norte ao sul do Piauí.

“Aqui estamos fazendo o trecho muito importante, cobrado pela comunidade dessa região, é um trecho de cerca de 80 km, ligando o município de São Miguel do Tapuio até o município de Pimenteiras, já na região de Valença, onde deve descer em uma estrada que já está pronta até Lagoa do Sítio e a ideia é de fazer em direção à região de Bocaina, São João da Canabrava, São Luís, para sair em Picos e daí descer em direção ao sul do Piauí. Ela é a rodovia que vai fazer desabrochar uma região agrícola muito importante, além da mineração, energia solar e eólica, que tem, portanto, um potencial ainda não viabilizado por falta, exatamente, desta obra. São 80 km nesse trecho, mas na verdade é uma rodovia de mais ou menos 1.200 Km do norte ao sul do Piauí, margeando essa região do Ceará, Pernambuco, Bahia até a divisa do Tocantins”, frisou Wellington Dias.

Fonte: secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI