Consórcios se dividem em resposta sobre volta dos ônibus em Teresina; veja! - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

13 de set. de 2021

Consórcios se dividem em resposta sobre volta dos ônibus em Teresina; veja!



O superintendente municipal de Transporte e Trânsito, major Cláudio Pessoa, afirmou, na manhã de segunda-feira (13), que dois consórcios de transporte urbano , o Consórcio Poty, que atua na zona Norte de Teresina, e o consórcio Urbanus, que atua na zona Leste, aceitaram e dois consórcios, a Transcol , que atende a zona Sul, e o Teresina, na zona Sudeste, não aceitaram as propostas do prefeito Doutor Pessoa (MDB) , para a retomada da circulação dos ônibus urbanos teresinenses.

"Todas as empresas deram as respostas, dois aceitaram a proposta e querem negociar e dois recusaram. Agora, o prefeito Doutor Pessoa, vai tomar uma decisão", afirmou o major Cláudio Pessoa.

Dois Consórcios aceitaram a proposta da Prefeitura (Foto: Portal MN)

“Nessas primeiras horas recebemos a resposta. Dois consórcios respondendo que aceitam e dois se recusando e agora entregamos ao prefeito Doutor Pessoa para que ele se debruce sobre as respostas e tome as medidas que ele entender serem necessárias. Eu particularmente sou adepto da negociação, eu entendo que a gente tem que negociar sempre. Até porque como a gente está lidando com a não regularidade de um serviço, o quanto antes ele voltar a operar, melhor. Nesse processo de negociação é importante que a gente ouça e seja ouvido”, disse major Cláudio Pessoa.

Cláudio Pessoa disse que não havendo acerto entre as partes, existe a possibilidade da adoção de medidas emergenciais que estão presentes do contrato vigente entre a Prefeitura de Teresina e os empresários de transporte urbano.

“Em relação aos dois consórcios o próprio contrato prevê a adoção de medidas que visam minimizar os impactos dessa não regularização do serviço. Se mesmo assim não houver uma regularização, o contrato prevê a abertura de um processo administrativo, com direito ao amplo direito de defesa. Ao final do processo, se a gestão observar que não foi sanado os problemas, aí existe a possibilidade de quebrar a relação contratual”, falou major Cláudio Pessoa.

Doutor Pessoa apresentou na quinta-feira (9), proposta para os empresários do setor de transportes urbanos com as exigências de gratuidade para o transporte de estudantes de escolas públicas municipais, entre outras tarifas sociais; ônibus com wi-fi e ar condicionado; efetivo funcionamento do sistema de integração; revisão no valor das tarifas; obediência à vida média dos veículos e de sua utilização (ônibus e bom estado); controle da bilhetagem eletrônica por parte da Prefeitura Municipal; e retorno da circulação da frota prevista na ordem de serviço da Strans.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI