Transporte alternativo também anuncia paralisação de atividades em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

21 de out. de 2021

Transporte alternativo também anuncia paralisação de atividades em Teresina



O Sindicato dos Proprietários Autônomos de Transportes Alternativos de Passageiros do Estado do Piauí (Sintrapi) anunciou, nesta quarta-feira (20), a paralisação das atividades da categoria a partir da meia-noite desta quinta (21). O motivo seu deu após a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) bloquear a Control CIT (CCIT), dispositivo de pagamento das passagens das vans através do cartão magnético.

O movimento acontece no mesmo dia em que o transporte coletivo público de Teresina também paralisará as atividades entre seus servidores. Em entrevista ao Meionorte.com, Trajano Paulo, presidente do Sintrapi, explicou que a categoria foi pega de surpresa com a decisão e que sem a máquina, fica inviável a circulação das vans de transporte alternativo na capital.

Transporte alternativo também anuncia paralisação de atividades em Teresina (Foto: Divulgação)

“Nós fomos pegos de surpresa com esse ofício de hoje dizendo que todos o Control CIT estão bloqueados a partir de hoje, meia-noite. Fica inviável operar. Hoje não tem dinheiro, se paga é com cartão e o que está mais nos intrigando é que foi uma decisão sem avisar, só fez mandar bloquear e as vans não poderão usar mais”.

A reportagem procurou a Strans para esclarecimentos, que informou que a decisão foi tomada para a realização de auditoria. O presidente do sindicato informou ainda que representantes da categoria irão nesta quinta-feira (21) na sede da superintendência para saber mais sobre a decisão.

A decisão se deu após a Strans bloquear a máquina de pagamento através dos cartões magnéticos (Foto: Meio Norte)

“O que a gente entende é que a Strans não pode fazer isso. A categoria vai parar obrigado, porque não tem como rodar com o passageiro sem pagar a passagem com cartão. A Strans não nos comunicou nada, apenas mandou o Setut bloquear as máquinas e a gente não está sabendo o que é. Vamos na Strans amanhã para ver como se resolver”, finaliza.

Paralisação dos ônibus

No caso dos motoristas e cobradores do transporte coletivo de Teresina, a decisão se deu, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí (SINTETRO), à não abertura para negociação para assinatura da convenção coletiva 2022, onde prevê alguns direitos dos servidores, como auxílio-alimentação e plano de saúde.

Com isso, a categoria decidiu realizar um novo protesto, que pode se desdobrar em uma possível greve geral da categoria.

Movimento acontece no mesmo dia onde os motorista de ônibus coletivo decidiram paralisar as atividades (Foto: Portal MN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI