Palmeiras vence o Flamengo na prorrogação e é tricampeão da Libertadores - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

27 de nov. de 2021

Palmeiras vence o Flamengo na prorrogação e é tricampeão da Libertadores



O Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores. A equipe do técnico Abel Ferreira venceu o Flamengo por 2 a 1, na prorrogação neste sábado (27), em Montevidéu (URU), e conquistou o título da edição 2021. O gol do título foi marcado por Deyverson, que entrou justamente no tempo extra. Anteriormente haviam marcado Raphael Veiga, para o Alviverde, e Gabigol, para o Rubro-Negro.





O Palmeiras já havia conquistado a competição em 1999 e ano passado, quando venceu o rival Santos por 1 a 0 no Maracanã (RJ).



Abel Ferreira chega ao seu segundo título e se isola como técnico europeu que mais vezes venceu o torneio, deixando para trás o compatriota Jorge Jesus, que venceu justamente com o Flamengo, rival desta final de 2021, em 2019.

Palmeiras é tricampeão da Libertadores Foto: Cesar Greco

Com a conquista, o Palmeiras se iguala a Grêmio e São Paulo e entra para o panteão dos clubes tricampeões da Libertadores, os mais vezes vencedores do torneio. Essa foi a sexta final do Palmeiras, que agora tem um aproveitamento de 50% em termos de títulos. O título faz do Palestra o primeiro clube a ganhar um bicampeonato consecutivo desde o Boca Juniors de 2000 e 2001.


O Palmeiras, clube brasileiro com mais participações na competição, com 21, ao lado de São Paulo e Grêmio, soma ainda mais jogos (210), mais vitórias (118), mais vitórias como visitante (44), mais gols (391), mais gols como mandante (233) e mais gols como visitante (156 tentos).

O jogo -

Logo aos quatro minutos, o Palmeiras abriu o placar no Centenário. Gustavo Gómez lançou Mayke na ponta direita, o lateral avançou e colocou com precisão na entrada da área. Veiga chegou batendo de esquerda e superou Diego Alves.

Depois do baque, o Flamengo passou a se lançar ao ataque. Na primeira chegada, Arrascaeta fez boa jogada pela direita e cruzou para Gabigol, que testou para fora. Na sequência, Veiga foi lançado pela esquerda e cruzou para área. Rodrigo Caio desviou de cabeça e quase fez contra.

Veiga voltou a finalizar, dessa vez carregando a bola pela esquerda e chutando cruzado, nas mãos de Diego Alves. A melhor chance do Flamengo veio com Arrascaeta. Bruno Henrique ajeitou de cabeça para o uruguaio, que dominou e finalizou de esquerda, parando em defesa de Weverton.


O gol do título do Palmeiras foi marcado por Deyverson Foto: Cesar Greco

Segundo tempo

O Flamengo quase empatou no início do segundo tempo. Após escanteio pela direita, Willian Arão desviou de cabeça e a bola passou muito próxima à trave, com Gabigol quase alcançando. O Palmeiras respondeu com Rony, recebendo na intermediária e arriscou de longe. Diego Alves saltou para fazer pela defesa no ângulo esquerdo.

Na sequência, o Rubro-Negro bateu falta da intermediária, David Luiz ficou com ela e tentou tocar por cima de Weverton, porém o goleiro levou a melhor e mandou para escanteio. Depois, Andreas bateu escanteio pela esquerda, e Bruno Henrique ganhou de cabeça dos zagueiros, com a bola raspando a trave esquerda.

Rony tentou de bicicleta após cruzamento da direita, mas a bola foi em cima de Diego Alves. Aos 26 minutos, o Flamengo deixou tudo igual. Arrascaeta encontrou Gabigol pela esquerda, e o camisa 9 finalizou no canto que foi mal protegido por Weverton.

O Rubro-Negro quase virou com Michael, que recebeu belo lançamento de Arrascaeta, invadiu a área e finalizou cruzado, à direita do gol, na última chance de perigo do tempo normal.


Gabigol marcou o gol do Flamengo na final da Libertadores Foto: Pablo Porciuncula-AFP

Prorrogação

Aos quatro minutos, o Palmeiras voltou a ficar na frente do placar, aproveitando grave erro de Andreas Pereira. O meio-campista se enrolou com a bola, que ficou oferecida para Deyverson. O centroavante avançou, finalizou e levou a melhor sobre Diego Alves, que até tocou na bola, mas não impediu o gol.

O Flamengo respondeu e com Gabigol, que recebeu passe rasteiro de Arrascaeta e chutou de direita por cima do travessão. No segundo tempo, Danilo Barbosa desperdiçou boa chance de dentro da área, finalizando na rede pelo lado de fora. A partir de então, o time carioca não conseguiu superar a sólida e eficiente defesa do Palmeiras. Com o apito final, o Verdão pôde comemorar o tri da Libertadores.




FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 2 x 1 FLAMENGO

Data: 27 de novembro de 2021, sábado
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu-URU
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana-ARG
Assistentes: Juan Belatti-ARG e Gabriel Chade-ARG
VAR: Julio Bascuñan-CHI
Cartões amarelos: Piquerez, Gustavo Gómez, Abel Ferreira, Felipe Melo (Palmeiras); Rodrigo Caio, Gabigol, Arrascaeta (Flamengo)

GOLS:
Palmeiras: Raphael Veiga (4 minutos do 1º tempo) e Deyverson (4 minutos do 1º tempo da prorrogação)
Flamengo: Gabigol (26 minutos do 2º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke (Gabriel Menino), Luan, Gómez e Piquerez (Felipe Melo); Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Deyverson), Gustavo Scarpa e Dudu (Wesley); Rony.
Técnico: Abel Ferreira


FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luis (Renê); Willian Arão, Andreas Pereira (Pedro) e Arrascaeta (Vitinho); Everton Ribeiro (Michael), Gabigol e Bruno Henrique (Kenedy).
Técnico: Renato Gaúcho

Nenhum comentário:

Postar um comentário