Recessão nos EUA prejudicaria recuperação econômica do Brasil, dizem especialistas - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

22 de jun. de 2022

Recessão nos EUA prejudicaria recuperação econômica do Brasil, dizem especialistas


País iniciou forte ciclo de alta de juros para conter maior inflação em 40 anos


Se em 2021 os Estados Unidos apresentaram o maior crescimento percentual do Produto Interno Bruto (PIB) desde 1984, de 5,7%, agora o mercado tem piorado cada vez mais as perspectivas para o país em 2023, fazendo uma palavra temida voltar às discussões: recessão.

Instituições financeiras respeitadas no mercado, como o Goldman Sachs, o Citigroup e o Bank of America, aumentaram recentemente a chance de que a maior economia do mundo registre uma contração no ano que vem. Em geral, as probabilidades apontadas por essas instituições variam entre 30% e 40%.

Exatamente pelo seu tamanho, uma contração da economia norte-americana teria um efeito em cadeia no mundo, o que significa que o Brasil não escaparia ileso. A crise global de 2008, por exemplo, começou nos Estados Unidos antes de se disseminar, assim como a de 1929.

Isso não significa, porém, que todos os países seriam atingidos na mesma intensidade. No caso do Brasil, especialistas consultados pelo CNN Brasil Business apontam que algumas características econômicas podem limitar os danos, mas os estragos dependerão de fatores externos e internos ainda incertos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário