Com paralisação, mais de 1.700 consultas são suspensas em apenas 2 hospitais no Piaui - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

30 de mai de 2019

Com paralisação, mais de 1.700 consultas são suspensas em apenas 2 hospitais no Piaui

Nesta quarta-feira (29) chegou ao terceiro dia a paralisação dos médicos que atuam na rede pública estadual, e a Secretaria de Saúde do Piauí divulgou um balanço dos procedimentos que foram suspensos em duas das principais unidades da rede: o Hospital Infantil Lucídio Portella e o Hospital Getúlio Vargas, ambos situados na região central de Teresina.
No Hospital Infantil, segundo a Sesapi, 47 cirurgias foram suspensas, e, de um total de 540 consultas agendadas, 206 não foram feitas durante os três dias da paralisação, iniciada na última segunda-feira, dia 27 de maio.
Hospital Infantil Lucídio Portella (Foto: Elias Fontinele / Arquivo O DIA)
Já no HGV o número de consultas não realizadas chegou a 1.528. Um total de 633 consultas foram suspensas na segunda-feira, outras 471 na terça e mais 424 consultas deixaram de ser realizadas nesta quarta-feira.
Além de reivindicar melhores condições de trabalho, os profissionais da medicina exigem que o governo regularize a progressão da carreira, pague os salários em dia e tome medidas para garantir a segurança dos médicos nos hospitais. 
Estava agendada para iniciar às 19 horas desta quarta uma assembleia geral dos médicos, para avaliar a paralisação de 72 horas e deliberar se a categoria prossegue ou não com o movimento paredista.
Por: Cícero Portela

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI