Cuidados ajudam a aliviar consequências do calor - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

6 de set de 2019

Cuidados ajudam a aliviar consequências do calor

A desidratação e a irritação das vias respiratórias são alguns dos principais problemas causados pelas altas temperaturas registradas neste período em Teresina. O chamado B-R-O Bró, que ocorre entre os meses de setembro e dezembro, requer uma série de cuidados por parte da população.
De acordo com o médico clínico geral da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Carlos Gilvan, o calor propicia a desidratação do corpo, já que acontece a perda de líquidos pela transpiração. “É preciso aumentar a ingestão de líquidos nessa época do ano, evitar exposição solar no horário de 10h às 16h e proteger a pele da incidência de raios solares, com o uso de protetor solar, chapéu e sombrinha”.

Carlos Gilvan explica quais os problemas de saúde mais frequentes nesse período quente. “As pessoas podem apresentar quadro de desidratação e, por conta da umidade mais baixa, podem ter um processo irritativo nas vias respiratórias, como nariz, garganta e olhos. Há também registro de incidência de gastroenterite, que acontece quando a pessoa consome água não filtrada”.
Segundo a médica oftalmologista do Centro de Saúde Lineu Araújo, Anália Pires, a população também deve ter cuidado com os olhos nesse período quente. “O sol emite radiação ultravioleta que pode ser nociva para a saúde ocular e provocar problemas na parte do olho chamada mácula, responsável pela visão central, bem como levar à catarata e inflamação do pterígio, que é uma membrana esbranquiçada que cresce sob a íris e a pupila do olho”.
“Para proteger os olhos, a população deve usar óculos solar certificado, com proteção UVA e UVB, além de associar o uso de sombrinha e chapéu nos horários de maior incidência solar. A recomendação é que tenha uma alimentação rica em ômega 3, 6 e 9, encontrados nas oleaginosas e pescados, ingerir de 2 a 4 litros de água por dia e não exceder a média de 2h de uso de telas, como celular e tablet”, finaliza Anália.
Caso a população apresente problema de saúde relacionado ao tempo quente e seco, pode se dirigir às Unidades Básicas de Saúde. Nestes locais, há oferta de consultas com médicos, enfermeiros e dentistas, além de outros serviços básicos. Se for caso de urgência, o usuário pode acionar o SAMU ou ir por meios próprios para as UPAS e os hospitais públicos municipais espalhados na cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI