Polícia prende acusados de matarem idoso e simularem suicídio em Santa Rosa do Piauí - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

6 de set de 2019

Polícia prende acusados de matarem idoso e simularem suicídio em Santa Rosa do Piauí



Após uma ação conjunta da Delegacia Regional de Oeiras, Núcleo de Investigação da Delegacia de Oeiras, Núcleo de inteligência do Piauí, seccional Oeiras e com apoio do GPM de Santa Rosa do Piauí, sob coordenação do delegado Antônio Nilton, foi desvendado um caso de homicídio ocorrido na cidade de Santa Rosa do Piauí, no dia 08 de agosto de 2019.
José Antônio de Lima, conhecido como José Bento, foi encontrado morto em sua residência já em estado de decomposição, por volta de 12h. O corpo do idoso de 69 anos, estava preso a uma corda, o que incialmente levou a família a pensar na hipótese de suicídio, tendo em vista que o mesmo sofria de alguns problemas psicológicos, tendo inclusive um diagnóstico de esquizofrenia.

Mesmo com os indícios de suicídio, um filho da vítima desconfiado das circunstâncias da morte, registrou um boletim de ocorrência e a polícia passou a investigar o crime, conseguindo elucidar o caso e constatando que o idoso fora assassinado e o os acusados simularam a cena de suicídio.

Ainda no durante as investigações a policia desvendou que o crime foi cometido por três acusados: Valdir Santos Soares Rodrigues e os irmãos Maria Águida Santos Borges e Gerson Santos Borges. Na quarta-feira, 04, a polícia efetuou a prisão de Valdir Soares e Maria Águida. Já o terceiro acusado, Gérson está foragido. Os dois presos confessaram o crime.

CRIME PREMEDITADO

Devido ao fato do idoso morar sozinho, os acusados acreditavam, que ele possuía muito dinheiro e planejaram um roubo. Como a vítima residia sozinha e era muito cauteloso em receber pessoas desconhecidas em sua residência, a estratégia usada pelo trio, foi usar Maria Águida (foto abaixo) para seduzir José Antônio e assim ganhar a sua confiança para que fosse recebida em sua casa.

Após se aproximar do idoso, Maria Águida conseguiu marcar um encontro na casa do mesmo. Ao chegar ao local, pediu que José Antônio lhe servisse água, momento em que ela abriu a porta para que os dois comparsas pudessem entrar. Já dentro da casa, os dois se esconderam dentro do banheiro e Maria Águida levou o idoso para o quarto, onde os dois lhe aplicaram uma gravata, para assim roubarem os objetos da residência e também o dinheiro que imaginavam que o idoso possuía.

Segundo os acusados, o idoso tentou reagir ao assalto, e eles o mataram usando um golpe conhecido como "mata leão". Ao perceber que ele estava morto, amarram uma corda ao seu pescoço para simularem um suicídio. Durante o depoimento, disseram ainda que a ideia inicial era roubar o dinheiro e deixar o idoso amarrado, mas que o mataram devido ele ter reagido.

Após cometerem o crime, os três fugiram levando R$ 270,00 e uma moto, que já foi recuperada pela polícia, após ter sido vendida por Gérson Santos Borges.

Valdir Santos Soares Rodrigues e Maria Águida Santos Borges tiveram as suas prisões temporárias decretadas e Gérson Santos Borges está foragido e a polícia segue em investigações visando efetuar a sua prisão.

Mesmo com as prisões temporárias dos acusados, a polícia já tem elementos suficientes que comprovam a autoria do crime por parte dos três acusados.

DENÚNCIAS ANÔNIMAS

A população pode ajudar a Policia Civil de Oeiras a elucidar os crimes acontecido na região, através da ferramenta de denúncia anônima criada pelos agentes, medida esta que tem surtido efeito e traz benefícios à sociedade, subsidiando investigações e prisões importantes para a segurança da população. Sua identidade será preservada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI