WDias e Firmino visitam hospitais de campanha em construção na capital - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

13 de abr. de 2020

WDias e Firmino visitam hospitais de campanha em construção na capital

O governador Wellington Dias, acompanhado do prefeito de Teresina, Firmino Filho, e do secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, visitou, na segunda-feira (13), os dois hospitais de campanha que estão sendo construídos na capital, que irão oferecer suporte aos atendimentos dos pacientes com Covid-19. Um irá funcionar no Ginásio Dirceu Arcoverde (Verdão), no Centro, e o outro na Universidade Federal do Piauí (UFPI).
Desde o início da luta contra a pandemia do coronavírus, o Governo do Estado trabalha com as prefeituras dos 224 municípios para evitar a propagação no vírus no Piauí. Na capital, está sendo construído um hospital de campanha no Ginásio Verdão pelo Governo do Estado e outro na UFPI pela Prefeitura de Teresina, o objetivo é aumentar a capacidade de atendimento aos pacientes.
A Sesapi já iniciou a montagem do hospital no Ginásio Verdão, que tem um investimento de R$ 5 milhões, receberá 103 leitos para atender pacientes de baixa complexidade infectados com a Covid-19 e tem previsão para ser entregue até a próxima semana. “Queremos, até o fim desta semana, estar com tudo concluído para começarmos a trazer os profissionais, fazer o treinamento da utilização da área e, com isso, na próxima semana, o hospital estar em pleno funcionamento. O hospital terá 103 leitos, dos quais nove serão de estabilização e 94 leitos clínicos, com uma equipe multidisciplinar de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, toda uma equipe de apoio e uma junção de esforços para podermos ter mais essa oportunidade de atendimento às pessoas acometidas pela Covid-19 em Teresina”, explicou Florentino Neto.
O chefe do Executivo piauiense ressaltou a importância do isolamento social para que a rede hospitalar tenha as condições de receber as pessoas acometidas pela doença. “Todo objetivo que temos em fazer o isolamento social, no Piauí e no Brasil, é para ganhar tempo para que possamos garantir um número maior de condições de atendimento. Todos sabem que a medida que temos a propagação do coronavírus, uma parcela da população tem complicações, são pessoas que vão precisar de leitos de UTI, de sala de estabilização e de leitos clínicos, e o que estamos fazendo é ganhando tempo, o isolamento tem esse papel, enquanto a gente consegue isso”, disse o governador.
Segundo Wellington Dias , a demanda por leitos nos hospitais no estado é crescente e a meta é de alcançar 400 leitos de UTI. “Quando começamos, em 18 de março, só tínhamos 30 leitos de UTIs disponível em todo o Piauí, tivemos que tomar medidas rapidamente e rever todas as cirurgias eletivas para poder abrir vagas somente para esses pacientes, o resultado disso é que fomos aumentando o número de UTIs e salas de estabilização, alcançamos 204 leitos de UTIs em todo o estado, mas vamos precisar alcançar, até 15 de maio, aproximadamente 400 leitos para seguir um ritmo que foi determinado, com base em outros países, para o estado do Piauí”, frisou Dias.
De acordo com o secretário de Estado da Saúde, atualmente, o Piauí conta com 723 leitos clínicos e 204 leitos de UTIs e os dois hospitais de campanha irão contribuir para aumentar esse número. “Hoje, temos na rede pública, na rede privada e na rede filantrópica 723 leitos clínicos e 204 leitos com respiradores, em UTIs ou em salas de estabilização, mas com esses dois hospitais de campanha e com a ampliação que estamos fazendo no HPM, podemos aumentar em torno de 300 leitos clínicos e queremos chegar em torno de 400 leitos de UTI. Na UFPI é um hospital nos mesmos moldes desse, que está sendo executado pela Prefeitura de Teresina, então vemos que existe uma conjunção de esforços da prefeitura e do Governo do Estado para que possamos, assim, também com a rede privada, ampliar leitos”, reiterou o gestor.
O médico Vitor Campelo, diretor do Laboratório Central (Lacen)da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), afirmou que já  estão sendo feitos  os testes rápidos para Codiv-19 com amostra de sangue dos pacientes e estão mantidos os exames RTPT, de identidade de partículas virais de material coletado nas narinas e na faringe.

O prefeito Firmino Filho destaca que o hospital de campanha que está sendo construído pela prefeitura na UFPI terá capacidade para 88 leitos. “Estamos no meio de uma grande incerteza. De acordo com os estudos, a previsão para termos nosso pico é no dia 15 de maio, com isso, nosso sistema de saúde será colocado em xeque no fim de abril e começo de maio. Nesse período temos que reforçar o isolamento para evitar que a curva seja muito elevada, mas também temos que aproveitar para nos preparar para o pior e é justamente por isso que estamos visitando com o governador, o hospital de campanha do Verdão e o hospital de campanha que a prefeitura está fazendo na UFPI, que terá 88 leitos. A município também está fazendo um hospital de campanha no Lar da Fraternidade com mais 35 leitos. Portanto, estamos nos preparando para o pior cenário possível e fazer o melhor de todos nós, tendo um alinhamento com as várias autoridades públicas para salvar vidas, que é prioridade nesse momento”, disse o gestor.
Isolamento social
Firmino também coloca o isolamento social como grande problema em Teresina na propagação dos casos e pretende antecipar feriados para conseguir a menor aglomeração possível de pessoas nas ruas. “Basicamente estamos com problema em termos de isolamento, que vem sofrendo uma queda. Nessa última semana, que foi a Semana Santa, a queda seria maior, o que salvou a média foi justamente a Sexta-Feira Santa, ou seja, tivemos uma média de 55,4%. A má notícia é que, avaliando os dados, tivemos o pior domingo, com apenas 60%, ou seja, em torno de 56 mil pessoas circulando, e é justamente por isso que estamos preocupados e adotaremos novas medidas, no sentido de se fazer respeitar tanto o decreto estadual quanto o decreto municipal. Enviamos para a Câmara de Vereadores um projeto de lei antecipando o feriado de 16 agosto. Teresina celebra seu aniversário, mas excepcionalmente neste ano no dia 17 de abril; nas próximas duas semanas teremos também dois feriados, que vão fazer com que nessas três semanas tenhamos apenas quatro dias úteis”, pontuou o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI