Elesbão Veloso ocupa o primeiro lugar em mortes por Covid-19 das 14 cidades da microrregião Valenciana - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

19 de jul. de 2020

Elesbão Veloso ocupa o primeiro lugar em mortes por Covid-19 das 14 cidades da microrregião Valenciana

Elesbão Veloso-PI é a cidade da microrregião valenciana, com o maior número de mortes por Covid-19, até o momento registrando quatro óbitos, seguida por cidades como Valença-PI, com três óbitos, Pimenteiras, Inhuma e Aroazes com um.

 

Os outros municípios que compõem o território, não registram nem um óbito até o momento segundo as autoridades de saúde.

 

A cidade de Elesbão Veloso, registra 101 pessoas infectadas por Covid-19 e 4 óbitos como foi citado anteriormente, um número muito alto justificado por ações tardias no enfrentamento do Covid-19, sendo a primeira em números de óbitos entre as 14 cidades da microrregião Valenciana.

 

Medidas simples que não foram realizadas desde o início da pandemia, como a instalação de barreiras sanitárias nas entradas e saídas do município, para que assim pudesse ser feito o monitoramento de pessoas, que chegam e saem da cidade que podem trazer o vírus para a  população pode ser uma das causas dos autos números de infecção e óbitos por Covid-19 no município.

 

A falta de acompanhamento das pessoas infectadas, pode ter sido também um dos fatores agravante para a disseminação do vírus uma vez que ele já tinha chegado até a cidade. Inúmeras foram as denúncias de pessoas que tiveram parentes contaminados e acabaram se contaminando, pois não sabiam quais as medidas adequadas para evitarem o contágio da doença, e desta forma acabaram contraindo o vírus da Covid-19.

 

A baixa testagem do município é outro fator agravante que pode não revelar a verdadeira quantidade de pessoas infectadas pelo o vírus na cidade, fazendo com que exista uma subnotificação de casos.

 

 Pois, municípios vizinhos como a cidade de Pimenteiras-PI, que registra 141 pessoas infectadas pelo vírus até a atualização do último boletim epidemiológico tem apenas um óbito confirmado.

 

Além disso, segundo vereadores da cidade, o gestor municipal em meio a toda essa pandemia pode estar envolvido em esquema de superfaturamentos, de produtos que seriam usados no combate da pandemia. Segundo os vereadores (Paulo França "PL" e Pinto Moura "PT"), o prefeito municipal teria comprado caixas d'água que hoje custa R$ 340,00, a unidade no comercio local, aonde o mesmo pagou mais de 8.000 mil reais em duas caixas implantada no centro comercial do município.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI