Firmino Filho nega tendência de crescimento da Covid-19 em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de out. de 2020

Firmino Filho nega tendência de crescimento da Covid-19 em Teresina

 Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O prefeito Firmino Filho (PSDB) afirmou que os dados da covid-19 não apontam para um aumento dos casos na capital. Segundo ele, os casos no estado estão estáveis com pequenas alterações. Segundo ele, as alterações são normais. 

Firmino afirma que o alerta feito pelo governador Wellington Dias (PT), após aumento dos casos de óbitos e infecções no estado, não se aplicam à capital. O governo avalia medidas para tentar barrar um possível novo avanço da doença no estado. Firmino nega tendência de crescimento na capital. 

“Durante toda essa pandemia, nossas decisões foram tomadas com base em dados. Não mostram aumento na cidade de Teresina. Na realidade houve uma queda a partir de julho e se acentuou em agosto e setembro. Agora se encontra em um patamar estável. Nesse patamar estável e pequeno é que ocorrem algumas oscilações para cima e para baixo, mas não existe nenhuma tendência de crescimento. Acho que para Teresina, esse alerta não corresponde aos dados que temos”, disse.

De acordo com o prefeito, ainda não há nenhum alerta sobre o aumento da vinda de pacientes do interior para o Piauí. 

“Não vimos os dados do estado do Piauí, mas os dados que temos sobre quem vem para Teresina, na realidade continua estável por algum tempo. É necessário que se possa distinguir o que são oscilações em torno de uma tendência e o que são mudança de tendências. A tendência é de estabilidade. Uma estabilidade em um limite muito baixo. Essa estabilidade tem oscilações sazonais. Mas não significa uma tendência de crescimento. Isso não acontece. Nem em relação a Teresina nem em relação aos pacientes do interior que vem para Teresina”, disse. 

O prefeito afirma que a prefeitura continua a monitorar todos os dados envolvendo o desenvolvimento do vírus na capital. 

“Nossas decisões são baseadas em evidências e as evidências nos contam isso. Os dados estão à disposição e a prefeitura tem acesso toda semana. Temos dados sobre as consultas básicas feitas nas UBS’s gripais, internações, leitos de UTI e todos apontam para a mesma tendência”, afirma.

  Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI