Wellington Dias participa do lançamento do Plano Nacional de Imunização nesta quarta - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

15 de dez. de 2020

Wellington Dias participa do lançamento do Plano Nacional de Imunização nesta quarta

 Foto: Roberta Aline

O governador Wellington (PT) vai participar da cerimônia de lançamento do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19, que ocorrerá nesta quarta-feira (16), às 10h, no Palácio do Planalto, em Brasília. À tarde, Wellington Dias se reúne com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na sede do Ministério da Saúde.

Além do governador do Piauí, representante do Fórum dos Governadores do Brasil, também participam do encontro o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde dos Estados (Conass), Carlos Lula; o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, além de representantes da Confederação Nacional dos Municípios. "A finalidade é acertar uma missão integrada entre União, Estados e Municípios nesse grande processo de imunização do Brasil", explica Wellington Dias. A expectativa é que na reunião sejam traçados os eixos para a maior campanha de vacinação do país.

Presidente do Consórcio Nordeste, o governador Wellington Dias vem pedindo agilidade no processo de imunização e já enviou ao Ministério da Saúde propostas para acordo de transferência tecnológica que fundamenta a parceria Astrazeneca-Fiocruz, que garantirá 15 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, previsto para fevereiro de 2021. "No entanto, esperamos todos os esforços para efetivação em janeiro de 2021", afirma.

Ações Integradas
Wellington Dias também solicitou ao ministro da Saúde, a possibilidade de ampliação das tratativas com o Laboratório Astrazeneca, visando adquirir, da própria indústria farmacêutica que tem a possibilidade de, através de parceria com a SERUM da Índia, que produz o mesmo imunizante, fornecer mais 15 milhões de unidades, permitindo usar toda a capacidade da Fiocruz, com produção de 30 milhões de doses/mês", explica.

Wellington declara ser a favor da aquisição de múltiplas vacinas pelo Plano Nacional de Imunização de forma a garantir toda a demanda do país e defende que a inclusão do imunizante produzido pelo Butantã no plano abre possibilidade de entendimento com a Sinovac, viabilizando antecipar metas, após a devida autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em documento enviado ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o governador Wellington Dias propôs a implantação de plantão com equipe multidisciplinar em cada estado, com atuação integrada a toda a rede de saúde, para monitorar e apoiar pacientes em caso de efeitos adversos pós-vacinação, dentro do modelo presencial em unidades de saúde ou por telemedicina como o Monitora Covid-19 ou Conecte SUS, do Ministério da Saúde.

O governador do Piauí propôs ainda parcerias com as 27 Unidades da Federação e com os municípios para iniciar, o mais rápido possível, o treinamento de equipes sobre as vacinas e controle de pacientes no modelo QR-Code, permitindo segurança máxima no controle para cada paciente para primeira e segunda doses e no prazo adequado para cada vacina.

Dias destaca ainda a necessidade de estabelecer acordo com a Pfizer. "A proposta da Pfizer nos remete a entrega de 70 milhões de doses, no mínimo, bem como a execução do acordado com o Consórcio Covax Facility além de outros laboratórios, para que assim, seja permitida a execução de todas as fases estabelecidas ainda no primeiro semestre de 2021. Dessa forma, seria garantida a execução das primeira e segunda fases para mais de 70% de nossa população, atendendo o mais cedo possível a demanda por vacinas no Brasil", declara.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI