Cantor acusa Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, de estupro - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

4 de fev. de 2021

Cantor acusa Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, de estupro

 O cantor e dançarino Maycon Douglas Pinto de Nascimento Adão, o MC Maylon, de 21 anos, denunciou nesta quarta-feira (3) à polícia ter sido estuprado pelo vocalista do grupo de pagode Molejo, Anderson Leonardo, que em nota divulgada nesta noite negou o crime.

Segundo afirmou Maylon na quarta-feira (3) à noite, o crime aconteceu em dezembro do ano passado, num hotel em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. "Hoje eu estou muito mais forte pra falar. [Anderson] Era um cara que eu chamava de pai, de padrinho", contou o cantor.

MC Maylon e Anderson Leonardo - Foto: Instagram

Em nota divulgada também nesta noite, em uma rede social, a assessoria de Anderson Leonardo disse "que os fatos publicados não são verdadeiros" e que "em mais de 30 anos de vida pública, jamais tivera seu nome ligado a qualquer ato criminoso ou que viesse a desabonar ou macular a sua imagem e carreira, seja de sua vida profissional ou pessoal" (confira a nota mais abaixo).

As informações do registro de ocorrência feito por Maylon na 33ª DP (Realengo) foram antecipadas pelo colunista Alessandro Lo-Bianco, do portal TV Prime, e confirmadas pela equipe de reportagem.

MC Maylon, que inclusive tem uma tatuagem no antebraço do rosto de Anderson, falou que foi levado ao hotel contra a sua vontade. O cantor relatou que havia se encontrado com o ídolo para uma reunião.

"Eu nunca tinha feito tatuagem nenhuma. A primeira foi no braço, o rosto dele [Anderson]. A gente era amigo", lamentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI