SEMAR e Interpi treinam para o novo sistema de cadastro e titulação de terras - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

9 de fev. de 2021

SEMAR e Interpi treinam para o novo sistema de cadastro e titulação de terras

 

Foto: Ascom

Para os trabalhadores rurais e suas famílias, regularizar a terra em que vivem e trabalham é uma realização aguardada por anos. Por isso, o Governo do Estado, por meio do Instituto de Terras do Piauí (Interpi), tem investido em ferramentas sistemáticas de trabalho mais modernas e que agilizem as etapas envolvidas no processo: cadastro, titulação e registro. Nesse sentido, iniciou-se nesta semana o treinamento da equipe do Interpi para a utilização da nova ferramenta de cadastro e titulação de terras, o e-Terras. 

O sistema contribuirá significativamente para a automatização das etapas do trabalho e permitirá mais rapidez no processo. Ele consiste no Sistema de Gestão de Controle de Doação de Terras, criado por profissionais do Centro de Geotecnologia Fundiária e Ambiental do Estado do Piauí (CGEO), vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMAR-PI) e ao Interpi.

Em seu primeiro dia de realização, nessa segunda (08), o treinamento abordou a Certificação e Emissão de Certificados de Cadastro do Imóvel Rural (CCIR) e o Georreferenciamento. Os participantes do treinamento ainda serão capacitados para a titulação, cadastro e registro público externo em cartórios, com o novo sistema, até quinta-feira (ver programação abaixo).

Reconhecendo a excelência do trabalho de inteligência e tecnologia do CGEO, o diretor-geral do Instituto, Chico Lucas, deu as boas-vindas aos consultores da SEMAR-PI/Banco Mundial, Danilo de Sousa Lopes e Marcos Sobral e Lorenzo Cunha, para o início da série de treinamentos. Segundo o gestor, a ideia é automatizar tudo que for possível, de modo a dinamizar o extenso trabalho de regularização. Ele lembrou que, com o Portal Sei, todos os processos que tramitam na autarquia foram digitalizados e, agora com o e-Terras, eles terão maior controle e a integração com vários outros sistemas.

Para os participantes do treinamento, Chico Lucas explanou sobre a função do novo Sistema de Gestão de Controle de Doação de Terras para o Interpi, como órgão realizador da política de regularização fundiária estadual. “Nós já temos o Sei, que tem contribuído muito para a transparência e agilidade das tramitações dos processos, mas faltava um programa específico e especializado para regularização fundiária”, explicou. “Precisávamos de um programa como o e-Terras, para facilitar as etapas que precisam ser realizadas para a titulação, gerando documentos automaticamente quando a equipe de cadastro inserir dados no sistema. Assim, cada equipe e setor irá alimentar o sistema com os resultados do seu trabalho, centralizando todas as informações até a titulação e conclusão de cada processo”, finalizou.

Com a implantação do sistema espera-se, para além da agilização dos trabalhos de titulação, o controle efetivo dos dados a partir da implantação. A novidade trará mais um benefício importante, segundo o diretor-geral do Interpi: agilidade no processo de registros dos títulos de terras. Esse resultado se deve ao apoio da Central Eletrônica de Registro de Imóveis do Piauí (Ceripi).

Programação dos Treinamentos

08/02
Certificação e Emissão do Certificado de Cadastro do Imóvel Rural (CCIR) - Diretoria do Patrimônio Imobiliário do Estado do Piauí (DIPATRI).
Georreferenciamento - Diretoria de Operações (DIOPE).

09/02
Cadastro - Diretoria Fundiária (DIFUNDI)

10/02 
 Titulação - Diretoria do Patrimônio Imobiliário do Estado do Piauí (DIPATRI)

11/02
Cartórios (registro/público externo)

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI