Strans cadastrará mais ônibus durante a nova greve em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

4 de fev. de 2021

Strans cadastrará mais ônibus durante a nova greve em Teresina

 A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) informou nesta quinta-feira (04), que diante da iminência de uma nova paralisação do setor de transporte coletivo urbano da capital na próxima segunda (08), está cadastrando veículos para suprir a necessidade dos usuários do sistema. 

De acordo com a superintendência, a partir de hoje, os veículos que obtiveram autorização para transporte de usuários estão em circulação. O setor prevê a paralisação caso as empresas não cumpram o Termo de Compromisso firmado entre SINTETRO e o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), referente ao pagamento do salário dos trabalhadores de forma integral, que entre eles estão: Motoristas R$2.028,22,  Cobradores R$ 1.188,87, Fiscais/Despachantes R$ 1.337,68. 

Foto - Reprodução/ CUT-PI

“A STRANS comunica que os interessados em cadastrar veículos devem se dirigir ao órgão portando documentação pessoal e do veículo. A seguir, passará por uma vistoria e já estará apto a circular. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (86) 3122 7606”, diz trecho da nota divulgada pela Strans. 

Nova greve em Teresina

A categoria decidiu pelo movimento durante uma assembleia geral extraordinária realizada no dia 26 de janeiro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte de Transportes Rodoviários no Estado do Piauí (SINTETRO).Segundo Francisco Souza, Secretário de Assistência e Previdência Social do SINTETRO, já foram feitas três mesas de negociações, e não se chegou a nenhum acordo.

 “A proposta apresentada pelos empresários é de reduzir 50% dos cobradores, sendo ainda bem enfáticos que os mesmos não querem pagar o Ticket Alimentação, nem o Plano de Saúde, uma outra proposta é que se o ônibus quebrar as horas paradas não contarão como jornada, as peças danificadas ou quebradas serão descontadas do salário dos trabalhadores, na assembleia anterior ficou decidido que se o SETUT não assinar a Convenção Coletiva de Trabalho de 2021, até dia 8 de fevereiro entraríamos em greve por tempo indeterminado”, disse. 

Foto - Divulgação/ CUT-PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI