No Piauí, Bolsonaro critica fechamento do comércio e que pode se filiar ao Progressistas - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

20 de mai. de 2021

No Piauí, Bolsonaro critica fechamento do comércio e que pode se filiar ao Progressistas

  

  • Untitled-1.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-2.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-3.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-4.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-5.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-6.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-7.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-8.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-9.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-11.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-12.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-13.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-14.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-15.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • Untitled-16.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena1.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena2.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena3.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena4.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena5.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde
  • santafilomena6.jpgMichel Renann/Especial para Cidade Verde

Atualizada às 12h50

Em seu discurso durante a solenidade de inauguração da ponte que liga Santa Filomena (PI) a Alto Parnaíba (MA), o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) voltou a fazer duras críticas às medidas sanitárias de prevenção à covid-19, como o fechamento de atividades comerciais, prática adotada por governadores durante a pandemia. Na avaliação de Bolsonaro, as medidas ocasionaram o aumento do desemprego no país. 

"Grande parte dos brasileiros vivem da informalidade, não tem carteira assinada, e foram esquecidos por esses que mandaram fechar o comércio e destruíram milhões de empregos. Mas a nossa obrigação não é brigar, é buscar solução. [...] Estamos tendo problemas com o desemprego sim, querem botar na minha conta também. A culpa é de quem fechou tudo sem qualquer responsabilidade, sem qualquer comprovação científica. Obviamente, defendemos as medidas de distanciamento e higiene, mas o emprego é tão, ou mais, importante",  afirmou Bolsonaro. 

Ainda durante a solenidade, que foi marcada por aglomeração e falta do uso de máscara pelos convidados, o presidente da República rebateu as críticas de partidos da oposição  sobre o valor do Auxílio Emergencial e fez referência ao ex-presidente Lula(PT). 

"Um bandido aí, que não tem um dedo, falou há pouco que ia dar o auxilio emergencial de R$ 600 para todo mundo. Por que não fez lá atrás pelo Bolsa família? Hoje o valor médio do Bolsa família é R$ 190 reais. Estamos trabalhando para subir o valor médio,porque sabemos que houve inflação ,aumentou o preço. temos que buscar soluções para que o povo recupere seu poder aquisitivo", disse. 

Bolsonaro também agradeceu ao apoio dos senadores piauienses Ciro Nogueira(Progressistas), Elmano Ferrer(Progressistas) e Marcelo Castro(MDB), e do senador maranhense Roberto Rocha (PSDB), que articularam junto ao governo federal a construção da ponte sobre o rio Parnaíba em Santa Filomena. 

O presidente da República fez elogios ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. 

"Não é fácil ser ministro, com tantos problemas em um país tão grande. Todo mundo sabe que uma maratona começa com um pequeno passo.O Tarcísio já deu uma centena de passos", destacou. 

Filiação ao Progressistas

Jair Bolsonaro também confirmou a possibilidade de se filiar ao Progressistas para disputar a eleição presidencial em 2022. Ele destacou que o convite foi feito pelo senador Ciro Nogueira, presidente nacional da sigla.

"Ele não está apaixonado por mim não, ele está me namorando. Quer que eu volte para o partido Progressistas. Quem sabe. Se ele for bom de papo, quem sabe a gente volte pra lá. Não estou me fazendo de difícil. É um grande partido", disse Bolsonaro, que está sem partido desde que deixou o PSL ainda em 2019. 

Desempenho eleitoral no Piauí 

Bolsonaro também se referiu ao desempenho que teve no Piauí nas eleições de 2018, quando teve apenas 22,95% dos votos no segundo turno, contra os 77,05% alcançado pelo adversário Fernando Haddad(PT), que venceu em todos os municípios do Estado na ocasião. 

"Disseram também que minha votação foi pequena por aqui, mas eu não era conhecido. Pouca gente me conhecia. Fui candidato, comecei a andar pelo Brasil, quando aconteceu uma tentativa de assassinato por um ex-integrante do PSOL, partido que satélite do PT e irmão gêmeo do PC do B. 

Atualizada às 11h30

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou ao município de Santa Filomena, no sul do Piauí, por volta das 11 h. Ele subiu em uma moto da Polícia Rodoviária Federal e saudou apoiadores e autoridades que marcam presença no local do evento de inauguração da ponte que liga o município piauiense a Alto Parnaíba, no estado do Maranhão. 

A comitiva presidencial conta com a presença dos ministros Tarcisio Freitas(Infraestrutura) e Fábio Faria ( Comunicações), além de membros das bancadas federais do Piauí e do Maranhão. Autoridades da região e prefeitos também participam da solenidade. 

Produtores rurais também marcam presença no evento de inauguração da ponte.  Eles preparam um churrasco para recepcionar a comitiva presidencial 

O prefeito de Santa Filomena, Carlos Braga, foi o primeiro a falar na solenidade na manhã desta quinta-feira(20) e definiu a inauguração da ponte  como um momento histórico. Ele agradeceu ao governo federal pela execução da obra que, segundo ele, era esperada há mais de 100 anos pela população da região. 

"O senhor está mostrando que também vê os menores municípios e defende também as pequenas comunidades da mesma forma que defende os centros urbanos. Isso é motivo de orgulho para todos nós. É um momento histórico para a nossa terra", disse o prefeito, ao agradecer o presidente Jair Bolsonaro. 

Durante sua fala na solenidade de inauguração da ponte em Santa Filomena, o senador Ciro Nogueira fez duras críticas ao governador do Piauí, Wellington Dias(PT). Na avaliação do parlamentar, o chefe do executivo estadual 'abandonou' a região do extremo sul piauiense, que está recebendo obras estruturantes apenas pela ação do governo federal. 

"Os governantes que estão no comando do Piauí e do Maranhão há 20 anos não tiveram a dignidade e a coragem de reconhecer o potencial dessa região. Hoje me perguntaram porque o governador do Piauí não estava aqui. Ele não tem coragem de enfrentar o povo  do Piauí, o povo do extremo sul, porque ele abandonou essa região", disparou Ciro Nogueira. 

Ciro ainda fez referência um dos slogans de campanha do presidente da República. "O Piauí e o Brasil tem uma similaridade, a nossa bandeira é verde amarela e vai continuar verde amarela", disse. 

Ainda durante sua fala, o senador Ciro Nogueira presenteou Jair Bolsonaro com uma jóia de opala no formato do mapa do Brasil. "Para o senhor lembrar desse dia tão importante para o povo do Piauí", disse Ciro que foi respondido prontamente por Bolsonaro: "Eu acho que o Ciro está apaixonado, hein", retrucou o presidente da República. 

Matéria original

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inaugura nesta quinta-feira (20) a ponte que liga os municípios de Santa Filomena (PI) a Alto Parnaíba, no Maranhão em evento bastante disputado. 

A previsão, segundo apurou o Cidadeverde.com, é que o presidente atravesse a ponte em cima de um trator e logo depois receba lideranças políticas da região.  O ministro Tarcísio Freitas, de Infraestrutura, também estará na comitiva presidencial. 

Por volta das 9h, o presidente desembarca em Palmas (TO) e vai de helicóptero até um campo de futebol da cidade de Alto Parnaíba. A solenidade acontecerá por volta das 11h30.  

A ponte é de 400 m, liga os dois estados, e é uma reivindicação histórica da população daquela região que atravessava o rio Parnaíba em balsa. A obra – que custou R$ 33 milhões – é importante para o escoamento de grãos para o Matopiba. 

Equipes de segurança da Presidência da República já estão em Santa Filomena (localizada a 925 km de Teresina), desde o início da semana, montando logística para receber o presidente.

A solenidade acontecerá ao lado da ponte, a 100 m da residência do prefeito Dr. Carlos Braga (Progressistas) na zona urbana da cidade. 

Foto: Alan Santos/PR

A vinda do presidente foi articulada pelos senadores Elmano Férrer (Progressistas) e Ciro Nogueira.

Espaço vip e acesso a população

No local da solenidade, a equipe de Segurança da Presidência instalou grades, detectores de metais  e uma equipe da Saúde distribuirá máscaras e álcool em gel para a população.

Na área haverá um espaço reservado para o presidente receber as lideranças e convidados.   


 
Petição quer homenagear canoeiro com nome da ponte 

Uma petição na internet pede que a ponte que será inaugurada pelo presidente Jair Bolsonaro leve o nome de um canoeiro. 

O abaixo assinado é uma rejeição a proposta que tramita na Câmara Federal que a ponte receba o nome do ex-governador do Piauí, Lucídio Portela. 

Foto: Arquivo da família

Imagem rara de Antônio Canoeiro em travessia ao rio Parnaíba 

A proposta da população de Santa Filomena (PI) é batizar a ponte  de Antônio Pereira Rosa, conhecido como Antônio Canoeiro, que morreu aos 71 anos e era o canoeiro que transportava a população de Santa Filomena a Alto de Parnaíba (MA).   

O professor Lúcio Roner Sousa Baccaro, 34 anos, que integra o movimento para homenagear Antônio Canoeiro, informou que o abaixo assinado virtual já tem mais de 700 assinaturas. Ele disse que quer o apoio de todos, inclusive do presidente Bolsonaro para a ponte ser batizada de Antônio Canoeiro. 

“Antônio Canoeiro simboliza a primeira ponte oficial entre as duas cidades. Era uma pessoa que ajudou muita gente e é uma justa homenagem”, disse Lúcio Roner. Ele informou ainda que o grupo vai criar uma placa com o nome de Antônio Canoeiro para colocar na ponte. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI