Carro estava a 211 km/h durante acidente que matou arquiteto em Teresina - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

6 de out. de 2021

Carro estava a 211 km/h durante acidente que matou arquiteto em Teresina

 O laudo da perícia do Instituto de Criminalística indicou que o carro envolvido no acidente ocorrido na madrugada do dia 1º de julho de 2019, na Avenida Raul Lopes, zona Leste de Teresina, que matou arquiteto João Vitor Oliveira Campos Sales, de 23 anos, estava a 211 km/h. 

O veículo em que estava o arquiteto e o empresário Junno Pinheiro capotou e em seguida colidiu com uma banca de revistas debaixo da Ponte Estaiada.


Os peritos criminais Rawlinson Medeiros Ibiapina e Alexandre Citó Lopes foram responsáveis por fazer a análise das imagens das câmeras de segurança 

De acordo com a perícia, os três veículos, registrados momentos antes do acidente, estavam em velocidade média aproximada de 211,1 km/h, 108,1 km/h e 90,5 km/h. O inquérito do caso foi concluído pela Delegacia de Repressão aos Acidentes de Trânsito.

O juiz Antônio Nolleto, da 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri, recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público e tornou réu o empresário Junno Pinheiro Campos de Sousa, que dirigia o carrro em que estava João Vitor e Walber Anderson Portela Mendonça, que estava no outro veículo. Eles foram acusados de homicídio doloso.

O processo contra os acusados está na fase de instrução. 

O Ministério Público do Piauí pediu a suspensão da habilitação dos envolvidos, mas o pedido foi indeferido.Arquiteto morreu em grave acidente na Ponte Estaiada Arquiteto morreu em grave acidente na Ponte Estaiada 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI