Quase 50 mil piauienses terão que tomar dose de reforço da vacina Janssen - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

26 de nov. de 2021

Quase 50 mil piauienses terão que tomar dose de reforço da vacina Janssen

 Foto: A7 Press/Folhapress

Quase 50 mil piauienses precisarão tomar a dose de reforço da Janssen contra a Covid-19. O Ministério da Saúde emitiu nota técnica orientando que aqueles que foram vacinados com o imunizante tomem o reforço entre dois e seis meses após primeira aplicação.

De acordo com levantamento da Sesapi (Secretaria de Estado de Saúde do Piauí), o Piauí recebeu 49.800 doses da Janssen e deste totoal, 49.640 foram aplicadas, segundo dados apurados pela reportagem junto ao Vacinômetro da Sesapi. 

O secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, faz um apelo a população e pede que aqueles que tiverem completado o seu intervalo e que esteja sendo convocado pelo município, que tome sua dose de reforço. 

“As vacinas para dose de reforço estão liberadas para toda população acima de 18 anos, que já estão neste prazo. Conclamamos ainda aqueles cidadãos que ainda não tomaram a segunda dose que voltem aos postos de saúde e façam sua imunização”, afirmou o secretário Florentino Neto. 

Foto: Sesapi

REFORÇO JANSSEN 

A nota técnica do Ministério de Saúde explica que a estratégia pontual de aplicação deste reforço dependerá do cenário epidemiológico local e adjacências e condições específicas da população que recebera o imunizante da Janssen previamente. 

No documento emitido pelo ministério também é informado que até o momento, cerca de 2 milhões de doses da vacina da Janssen estão em análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) a qual há previsão de liberação a partir de 05 de dezembro. 

A previsão do laboratório é que mais 2,8 milhões de doses sejam entregues no começo de dezembro e o restante até o fim do mês. Esses quantitativos são suficientes para a aplicação do reforço de quem se vacinou com a Janssen dentro do intervalo recomendado de até seis meses. 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário