Restrições mudam rituais e simpatias de fim de ano; veja como fazer em casa - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

30 de dez. de 2020

Restrições mudam rituais e simpatias de fim de ano; veja como fazer em casa




Ritual com pétalas de rosa branca neste fim de ano pode trazer 'purificação'Foto: Divulgação/Pixabay 

O sentimento de ansiedade para finalizar 2020 é compartilhado entre todos. E ainda questionamos se o próximo ano conseguirá ser melhor. Em uma virada de ano das mais atípicas, resta por segurança celebrar a chegada de 2021 em nossas próprias casas e com pouca companhia.

Para os que não passam um ano sem simpatias, pular as 7 ondas, ofertar flores e outras oferendas, passar uma virada com a praia restrita para visitas pode ser um desafio. Mairê Ferraz, relações públicas, está habituada a todo ano pular as sete ondas para poder começar um novo ano.



“Quando eu passei no interior, meus avós sobem na cadeira e depois descem, para começar o ano com o pé direito. Mas o meu preferido é as sete ondinhas, porque eu separo as minhas metas para o ano e faço meus desejos. É uma forma de me organizar e concretizar. É meu marco do ano.”

Em 2020, a publicitária passará o Ano Novo confinada em casa com o namorado e poucos amigos. Para substituir os pedidos à beira-mar, Mairê pretende fazer a lista, mas ainda não sabe como “concretizar” seus pedidos. “Talvez eu faça a entrada com o pé direito, tem a tradição das uvas também, vou pesquisar para ver como faz (...) Agora também é chato porque não tem um marco e as expectativas estão baixas.”

Já Naíse Domingues, diretora de conteúdo do coletivo Kobá, é iniciada em Omolokô. A jovem tem a tradição de fazer as oferendas de final de ano dentro do terreiro, com seus irmãos e Pai de Santo e depois segue para uma festividade de encerramento na praia, que não necessariamente acontece no dia 31 de dezembro.

“Sempre faço oferendas no final de ano para poder agradecer pelo ano que passou e entrar com força máxima no ano seguinte. Por mais que a gente não deixe as oferendas na praia por uma questão ecológica, as entregas e todo o ritual era lá”, comenta a moça que é filha de Iansã e Ogum.
Simpatias para o Ano Novo são improvisadas dentro de casaFoto: Arquivo Pessoal Naíse 

Com a pandemia, além das praias com circulação limitada, o terreiro de Naíse se encontra fechado há meses. “Eu tenho um altar em casa que eu mantenho e sob orientação do meu Pai de Santo, esse ano as oferendas não serão as comidas que meu Orixá geralmente come, já que não estou na cozinha do terreiro. Mas será mais simples, uma cesta de frutas que eu posso entregar no altar de casa.”

“Pode não ser o que a gente está acostumado a fazer, mas se a gente tiver a mesma fé e a mesma corrente positiva em relação aos alimentos que a gente oferece, o resultado é o mesmo… nem que seja dentro de casa, com certeza vai ter o mesmo amor e a mesma dedicação.”

Naíse também tem rituais pessoas que ela sempre fez dentro de casa. Como por exemplo, ela cita o banho de sal grosso, o banho de ervas e defumar a casa no último dia do ano.
Rituais para serem feitos dentro de casa

Alexandre Negrini é cientista social e cofundador da plataforma “Umbanda Eu Curto”. Ele conta que não precisa de muitos elementos para transferir rituais externos para dentro de casa. Basta escolher um local isolado da casa, sem corrente de ar, e acender uma vela branca num pires branco de louça, antes da meia noite, acompanhada de uma oração ao anjo da guarda.

O cientista social conta que pretende fazer uma oração para Oxalá, um dos Orixás regentes de 2021, um pouco antes da meia-noite. “Peça que ele ilumine sua casa, seus familiares e outros desejos que tiver. Se desejar, escreva num pedaço de papel branco todos os seus pedidos de Ano Novo, dobre e coloque debaixo do pires. Quando a vela acabar de queimar, você pode manter a lista de pedidos junto consigo, na carteira ou na bolsa.”
Banho com pétalas de rosas brancas para substituir banho de mar

Ele recomenda um banho para não precisar ir até o mar: “Na ausência dos tradicionais banhos à beira-mar, você pode preparar um banho espiritual simples para fazer em casa mesmo. Em uma panela, ferva cerca de 1,5 litro de água com as pétalas de 7 rosas brancas. Reserve e deixe amornar. Quando for tomar seu banho normal no dia 31 de dezembro, ao final, faça a oração que quiser ou a que lembrar e despeje a água com as pétalas sobre seu corpo do pescoço para baixo. Este banho traz purificação, força e libera seu corpo espiritual para a prosperidade, possibilitando a atração de energias positivas que o Ano Novo traz.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI