Após protesto, UFPI anuncia retorno de atividades práticas do curso de Odontologia - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

31 de mai. de 2021

Após protesto, UFPI anuncia retorno de atividades práticas do curso de Odontologia

 Foto: Cidadeverde.com

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) anunciou nesta segunda-feira (31) a retomada das atividades práticas em três laboratórios do curso de Odontologia, que estavam interrompidas desde o ano passado por causa da pandemia da Covid-19.

A reabertura dos laboratórios é uma demanda dos estudantes do curso, que realizaram diversas manifestações nos últimos meses. A  reabertura da clínica odontológica, outra cobrança dos estudantes, deve acontecer somente em agosto. Um dos estudantes chegou a acampar nas dependências da UFPI como forma de chamar atenção para as reivindicações. 

De acordo com informações publicadas no site da instituição, o retorno das atividades práticas foi confirmado na última sexta-feira, após reunião de integrantes do Centro de Ciências da Saúde com a administração superior da Universidade. 

“O cronograma está dentro do que foi planejado e assegura a oferta de todas as disciplinas programadas para este período”, afirmou o vice-reitor Viriato Campelo, que é presidente do Comitê de Gestão de Crise (CGC), órgão que oferece orientação à administração superior a respeito do cenário da pandemia.

A coordenadora do Curso de Odontologia da UFPI, Karla Rovaris, explica que todos os cuidados foram adotados para que o retorno das práticas atenda às exigências de distanciamento e resguarde a saúde de professores, servidores e alunos. Ela lembra que a retomada das atividades práticas está de acordo com a decisão do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPEX) e em consonância com as orientações do CGC.

Clínicas voltam em agosto 

Ainda de acordo com o vice-reitor, Viriato Campelo, a retomada das clínicas odontológicas da UFPI deve acontecer somente em agosto. O serviço, aberto à comunidade, atende pacientes de baixa renda que não possuem condições de pagar por um tratamento odontológico. “O planejamento está sendo cumprido integralmente, com o devido respeito aos cuidados sanitários”, disse o vice-reitor. 

Estudante diz que vai continuar acampado 

Apesar do anúncio da retomada das atividades presenciais, o estudante do curso de Odontologia da Universidade Federal do Piauí, Pedro Ilo Rebelo, que está acampado na instituição desde a semana passada, afirmou que vai manter o protesto. Ele diz que vê com bons olhos a reabertura dos laboratórios, mas cobra a vacinação de estudantes e servidores do curso, bem como a reabertura e retomada dos atendimentos na clínica odontológica da UFPI. 

"Eu pretendo continuar. No dia que começar o primeiro atendimento, eu levanto e vou embora", disse. 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ainda de acordo com Pedro Ilo, alguns pacientes tiveram o tratamento interrompido durante a pandemia, por causa do fechamento das atividades da clínica odontológica."Tem paciente que está há três anos fazendo tratamento aqui e a pandemia paralisou o tratamento deles no meio. Eles não conseguem pagar. A gente faz tratamentos complexo, que o SUS não vai fazer", disse. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI