EUA reabrem suas fronteiras, mas agendar visto vira problema: "Disputado - Barra d Alcântara News

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

EM BREVE, SUA EMPRESA AQUI

10 de nov. de 2021

EUA reabrem suas fronteiras, mas agendar visto vira problema: "Disputado



Na segunda-feira, 8 de novembro, os Estados Unidos reabriram suas fronteiras internacionais para viajantes completamente vacinados de mais de 30 países diferentes, incluindo o Brasil. Mas, mesmo com a reabertura, o sonho de voltar a viajar para os EUA está sendo adiado mais uma vez para muita gente por outro motivo: brasileiros enfrentam muita dificuldade para emissão e renovação de vistos de entrada.

Os consulados americanos no Brasil voltaram a emitir vistos na própria segunda-feira, assim que a reabertura das fronteiras foi efetivada. No entanto, nem a demanda por vistos e renovações reprimida durante toda a pandemia tem conseguido agendar o processo com facilidade, e nem para datas próximas.


Com reabertura para brasileiros vacinados, visto para Estados Unidos está disputado: Getty Images/iStockPhoto

De volta aos Estados Unidos

Para muita gente, só aparecem datas disponíveis no sistema para o final de 2022, principalmente em unidades de grandes centros urbanos, como São Paulo. A Embaixada dos EUA no Brasil informou, através de sua assessoria de imprensa, que, no momento, nenhuma operação especial está sendo montada para lidar com a demanda crescente por novos vistos e renovações.

Em nota enviada, David Hodge, cônsul-geral dos EUA em São Paulo, afirma que os solicitantes devem verificar a disponibilidade de vagas regularmente no site de agendamento pois nossa equipe abrirá novas vagas constantemente. "O sistema é dinâmico e os números podem mudar todos os dias.


"Sabemos que há um demanda reprimida e que haverá espera acima do desejado, mas os brasileiros podem ter a certeza que estamos colocando todos os recursos disponíveis para processar o maior número de vistos o mais rápido possível, ao mesmo tempo em que seguimos os protocolos sanitários para garantir a segurança de solicitantes e funcionários."

Nenhum comentário:

Postar um comentário